Artista Ai WeiWei acaba de imprimir 5 anos de seus tweets

Artista Ai WeiWei acaba de imprimir 5 anos de seus tweets

Ai WeiWei provoca novamente produzindo um bloco gigante com seus escritos no microblog Twitter

Ai WeiWei The Creator’s Project BLOGAZINE - 01  - Ai WeiWei The Creator   s Project BLOGAZINE 01 - Artista Ai WeiWei acaba de imprimir 5 anos de seus tweets

Ai Weiwei acaba de imprimir cinco anos de seus tweets sobre papel de arroz, produzindo um bloco gigante de arte chamado The Creator’s Project. Ele é um usuário prolífico do Twitter, que começou a usar o micro blog como um meio de expressar sua oposição ao governo chinês, chegando a ser banido da versão chinesa da plataforma Sina Weibo, embora ele ainda tenha uma conta tradicional no Twitter (siga-o aqui).

“O Twitter é um meio muito interessante. Ele não é aquele que registra o passado, mas que constitui a condição atual, com conexões reais para o futuro… Apesar de serem apenas os meus escritos no Twitter, eles se relacionam com certos eventos e as discussões entre os leitores e eu. É como a água que flui em frente de nós. Há uma necessidade de gravá-lo como um romance ou como um pedaço de história”, disse Ai WeiWei sobre sua nova obra.

Ai WeiWei The Creator’s Project BLOGAZINE - 02  - Ai WeiWei The Creator   s Project BLOGAZINE 02 - Artista Ai WeiWei acaba de imprimir 5 anos de seus tweets

A obra de arte é inteiramente escrito em mandarim e foi encomendada para o Go East: The Gene and Brian Sherman Contemporary Asian Art Collection da Galeria de Arte de New South Wales, Austrália.

Claro que algumas pessoas estão questionando se tuites, mesmo os de autoria de um dos pensadores mais renomadas do mundo como Ai Wei Wei, podem ser considerados arte. A resposta do artista é a seguinte: “Considero todas as minhas expressões uma parte da minha arte. Às vezes é preciso uma forma tradicional de linguagem e, em outras ocasiões, requer a criação de uma nova língua”, acrescentando: “Um arquivo contém escritos mais significativos do que Confucius ou Lao Tzu escreveram”. #polêmico.

Comente!

Leave a Comment

Leave A Comment Your email address will not be published