Widget Image
Widget Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat. Ut wisi enim

American Apparel declara falência

American-Apparel-  American Apparel declara falência American Apparel

Uma das campanha da American Apparel, conhecida por apresentar imagens polêmicas e sexualizadas

American Apparel faliu. Depois de um declínio nas vendas agravadas pela saída amarga do fundador e CEO Dov Charney de sua própria empresa, a marca de sucesso dos anos 2000 não sobreviveu à economia.

A falência da American Apparel não significa que a empresa deixa de existir, mas sinaliza uma reestruturação interna e uma evasão estratégica para não agravar ainda mais a dívida.

Desde que foi fundada em um quarto de dormitório da universidade de Charney, a American Apparel conquistou mais de 260 lojas em 19 países, tornando-se conhecida por seus itens básicos, campanhas publicitárias altamente sexualizadas (que coincidiram com o comportamento do fundador da empresa) e camisetas de 30 libras esterlinas. A crise financeira global, bem como as palhaçadas amplamente divulgadas de Charney contribuíram para a morte de American Apparel.

Em abril deste ano, a marca relatou sua décima perda trimestral, com vendas caindo 17% mais do que nos últimos três meses.

Paula Schneider, defiant chief executive da empresa, insistiu que a falência não era a última alternativa da empresa. “Esta reestruturação permitirá a American Apparel retornar como uma empresa mais forte, mais vibrante”, disse ela em comunicado oficial.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comente!

co-fundador da BLOGAZINE, gosta mais de mostarda do que de ketchup. Acredita que internet deveria ser igual ao sol: disponível para todos se beneficiarem