LENDO

‘Dior e Eu’: nosso review do incrível ...

‘Dior e Eu’: nosso review do incrível filme sobre Raf Simons na Dior

Filme ‘Dior e Eu’ mostra estreia de Raf Simons na Christian Dior. O documentário estreia em agosto no Brasil

Modelo subindo escadas em um vestido Christian Dior vermelho by Raf Simons  'Dior e Eu': nosso review do incrível filme sobre Raf Simons na Dior Dior e Eu 04

Cena do doc “Dior e Eu”, que estreia no Brasil no dia 27 de agosto (Foto: Christian Dior/Divulgação)

Chegar em Paris e… ir ao cinema! Como assim? Muitos irão dizer que é maluquice, mas o filme em cartaz por aqui é Dior e Eu‘, um documentário sobre as oito semanas que antecederam a apresentação da primeira coleção de alta-costura assinada por Raf Simons para a maison Christian Dior.

Nós, criaturas do mundo real, jamais saberíamos o que realmente se passou nos bastidores da tal coleção se não fosse pelo filme.

O estilista belga Raf Simons em cena do filme documentário 'Dior e Eu'  'Dior e Eu': nosso review do incrível filme sobre Raf Simons na Dior Dior e Eu 06

Raf Simons em “Dior e Eu” (Foto: Christian Dior/Divulgação)

Um momento de transição delicado após o triste acidente/escândalo que provocou a ruptura da marca com John Galliano, o designer belga é contratado e torna-se estilista da Christian Dior, sendo apresentado para toda a equipe da marca francesa.

O filme começa com todos os funcionários se movimentando para uma reunião onde Sidney Toledano, o todo poderoso da Dior, apresenta Raf Simons como o novo diretor de criação.

Cena do filme documentário "Dior e Eu" com Raf Simons  'Dior e Eu': nosso review do incrível filme sobre Raf Simons na Dior Dior e Eu 01

Cena do filme documentário “Dior e Eu” (Foto: Christian Dior/Divulgação)

Desde o início, Simons se desculpa pelo seu francês fraco e promete que não se posicionará afastado de todos. “Je ne serait pas isolé”, afirma o novo diretor. Em seguida, apresenta seu braço direito Pieter Mulier, que será de extrema importância no desenrolar de toda a trama reality.

Logo compreendemos que o desafio aceito pelo designer belga vai além de criar uma coleção e apresentá-la em oito semanas. Nesse período ele será acompanhado pela câmera de Frédéric Tcheng, diretor do filme,  com o objetivo de transformar toda a experiência em um documentário. Enquanto assisto, me pergunto qual será o salário desse mega big brother?

Dono de comportamento tímido e com um poder de observação e abstração único, Raf Simons demonstra uma ligação extremamente forte com a arte moderna e contemporânea. De fato, ele chega a falar que para ele a feminilidade e a beleza feminina está no futuro e não no passado. Chego à conclusão que, tal qual a Christian Dior, a mulher de Raf é aquela que está para se redescobrir na nova época. O passado ficou para trás.

Cena do filme 'Dior e Eu' que mostra o atelier da marca francesa Christian Dior  'Dior e Eu': nosso review do incrível filme sobre Raf Simons na Dior Dior e Eu 02

Ateliê Christian Dior (Foto: Christian Dior/Divulgação)

Nos momentos que Simons investiga o acervo da maison, vemos um desfilar de peças originais assinadas por Christian Dior. Sidney Toledano comenta que o DNA Dior está sempre presente e que cada um dos seus sucessores dão seu toque pessoal, mas é sempre Dior. Quanta responsabilidade!

Todos são reconhecidos no filme, o que além de torná-lo politicamente correto é belo de se ver. Segundo o segurança noturno, o fantasma de Monsieur Dior vaga pelos ateliers todas as noites para conferir as criações.

As premières Florence e Monique (responsáveis – chefe pelos ateliers) demonstram-se fortes e colaborativas. Hangbo é o modelista que mesmo jovem demonstra-se grande por sua dedicação e habilidade.

Momentos de angústia são compartilhados e a pressão é verdadeira, assim como as lágrimas de Raf.

A escolha da locação e a proposta de cobrir todas as paredes com flores é um momento onde vemos Toledano se animar. “Quero que pareça Versailles!”, exclama Simons.

Parede de flores azuis do desfile de estreia de Raf Simons na maiosn Dior  'Dior e Eu': nosso review do incrível filme sobre Raf Simons na Dior Dior e Eu 03

A famosa parede de flores no desfile de estreia de Raf Simons para maison Dior (Foto: Christian Dior/Divulgação)

Humilde, Raf pede a colaboração da equipe do início ao fim (na noite anterior ao desfile). Ele agradece e reconhece, de forma honrosa, o acolhimento que ele e Pieter tiveram.

Finalmente chega o grande dia e todos estão lá atrás para apoiar Raf Simons. Na plateia, designers como Alber Elbaz e Marc Jacobs prestam apoio ao momento de estreia. Angústia, stress e júbilo – todos os momentos desses grandes criadores em um filme que une Dior e Raf Simons. Um New New Look!

Modelo desfilando vestido de alta-costura de Raf Simons pela marca Christian Dior  'Dior e Eu': nosso review do incrível filme sobre Raf Simons na Dior Dior e Eu 07

A grande apresentação de estreia de Simons no desfile de alta-costura da Dior (Foto: Christian Dior/Divulgação)

Em tempo, uma ótima notícia para nós brasileiros: a distribuidora Imovision exibirá ‘Dior e Eu’ em cinemas nacionais a partir do dia 27 de agosto!

FICHA TÉCNICA
Título original: DIOR ET MOI
Direção: Frédéric Tcheng
Roteiro: Frédéric Tcheng
Produção: CIM Productions
Fotografia: Gilles Piquard
Edição: Julio Perez IV
Gênero: Documentário
País: França
Ano: 2015
COR
Tempo: 90 minutos
Classificação: a verificar

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comente!


CONTEÚDO RELACIONADO

INSTAGRAM
#BLOGAZINE