Widget Image
Widget Image
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat. Ut wisi enim

Fundação Louis Vuitton atrai turismo parisiense

Fundação Louis Vuitton atrai turismo parisiense foto 2492015 13257 Louis Vuitton e suas belezas
Maria Thereza Laudares visita a Fundação Louis Vuitton, em Paris, e entrega os detalhes

Paris e suas mil possibilidades turísticas encanta e ao mesmo tempo enche de dúvidas na hora de eleger o programa certo. Qual será o lugar que permanecerá em nossas mentes como uma bela recordação de viagem? Recentemente de passagem pela Cidade Luz fiz uma dessas visitas que classifico como memorável: a Fondation Louis Vuitton.

 

Para chegar escolhi o charmoso minibus elétrico da Fundação que por um euro parte da Avenue de Friedland (ao lado da Avenue des Champs–Élysées) e nos deixa na porta do museu. Localizada no Jardin d’Acclimation no emblemático parque Bois de Boulogne,que já serviu de cenário para muitos quadros e romances, a Fondation é o museu de arte contemporânea e moderna da icônica casa de luxo francesa Louis Vuitton. Dito desta forma parece um museu como outro qualquer, porém tudo que envolve esse local traz consigo um significado especial.
Fundação Louis Vuitton atrai turismo parisiense onibus
Projetado pelo premiadíssimo arquiteto Frank Gehry a Fondation de longe já chama a atenção com suas linhas que remetem à velas de barcos. Como se hipnotizados pela beleza dessa obra vamos nos aproximando do prédio. Logo ao desembarcar uma avalanche de selfies toma conta da entrada. Todos se encantam com a obra de Gehry. Claro que faço parte dessa turma de diversidade cultural.
Fundação Louis Vuitton atrai turismo parisiense ENTRADA

Para se proteger do sol intenso pode-se lançar mão de sombrinhas que são oferecidas para enfrentar a fila da bilheteria. Por toda a parte os funcionários se dirigem aos visitantes de forma atenciosa, uma delicadeza do tratamento de luxo. Na entrada, a escultura gigante de Isa Genzken – Rose II, a rosa feita em metal com folhas em prata, contrasta a delicadeza da flor com a grandiosidade do lugar. O espaço é sem dúvida um dos componentes chave dessa construção que privilegia a luz natural.

 

Fundação Louis Vuitton atrai turismo parisiense IMG 3482

 

O restaurante Le Frank com luminárias em forma de peixe, design assinado pelo próprio Frank Gehry, serve saladas, pastas, peixe e carne. Tudo com um toque gourmet exclusivo.

 

Fundação Louis Vuitton atrai turismo parisiense IMG 3484Nas paredes do Le Frank os baús que simbolizam a casa Louis Vuitton Malletier

 

Fundação Louis Vuitton atrai turismo parisiense restaurante 20  20Copy 201

As luminárias desenvolvidas por Gehr

 

Fundação Louis Vuitton atrai turismo parisiense IMG 3485“Minha escolha: Caesar Salad com leitura gourmet!”
O entusiasmo do primeiro encontro faz com que muitos visitantes percorram todo o prédio até o topo antes de observar suas obras, afinal a obra número um é esse projeto de Gehry. Muitas polêmicas atrasaram o andamento da sua construção que levou quase uma década antes de ser declarado um prédio de interesse público.
Fundação Louis Vuitton atrai turismo parisiense IMG 3521
Os diversos terraços que levam ao último nível descortinam vistas incríveis da cidade em ângulos diversos, cada um mais surpreendente do que o outro.  As doze velas feitas com 3600 painéis de vidro produzem um espetáculo visual a parte.

 

Fundação Louis Vuitton atrai turismo parisiense IMG 3540
Fundação Louis Vuitton atrai turismo parisiense IMG 3522 20  20Copy 201

 

Aberto ao público no final de outubro de 2014, a Fondation Louis Vuitton já recebeu mais de 750 mil visitantes, o que confirma a força que a arte representa hoje como expressão de nossa sociedade. A visitação e porque não dizer a descoberta das obras se dá em circuitos por salas amplas e também em ambientes menores que convidam a reflexão e contemplação. Atualmente a exposição do acervo do museu somada a algumas obras da coleção pessoal do presidente do grupo LVMH, Bernard Arnault, evoca o movimento.

 

Fundação Louis Vuitton atrai turismo parisiense POPA 20  20Copy 201

 

A linha Pop com obras de Andy Warhol está aqui representada e também reinterpretada por artistas de novas gerações em telas de grandes proporções.  Hospedada em uma sala relativamente pequena, a instalação de Marina Abramovic nos convida a repensar o tempo com instrumentos de compasso instalados nas paredes e espreguiçadeiras de praia daquelas de lona e madeira na frente. É divertido assistir aos outros assistindo, um contemplar que promove o movimentar pela sala, uma experiência que nos faz sentir parte da obra.

Em outras salas a experiência digital e sensorial se faz presente, como a de Douglas Gordon, com telas distribuídas em meio ao ambiente escuro onde além dos impactos visual e auditivo nos sentimos vulneráveis em nossos limites táteis.  Crossfire, obra em vídeo do americano Christian Marclay compõem um bang-bang entre quatro telas que anima e agita os jovens. Ao ultrapassar a fronteira entre o real e a fantasia da aventura cinematográfica os visitantes posicionados no meio da sala embarcam em uma experiência quase hipnótica em meio a um tiroteio extraído de imagens de filmes hollywoodianos.

 

Fundação Louis Vuitton atrai turismo parisiense POP
Fundação Louis Vuitton atrai turismo parisiense foto 20ultima
E se a musicalidade pode nascer do inesperado é em uma passagem entre duas salas que somos surpreendidos pelos ritmos das imagens em vídeo da obra Viva la España de Pilar Albarracín.

Visuais, sonoras e marcantes as obras aqui despertam em cada visitante reações como sorrisos e olhares abertos que certificam a admiração a esse ambiente luminoso que preenche o espaço com a complexidade de nosso tempo. Mais do que uma visita ao museu ir à Fondation Louis Vuitton é um encontro emocional.

*Artigo publicado originalmente no GPS | Brasília

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comente!

Co-fundadora e idealizadora do Blogazine -Saber, conhecer, buscar... conhecimento é sempre algo de bom. Moda na história é o meu interesse ontem, hoje e amanhã. Pesquisar é o chocolate do curioso. Pesquisar comendo chocolate ou tomando sorvete é melhor ainda!