Explicação

TR.Jan2012.Fur_.fashion..2-  - TR - Explicação

Várias marcas de moda importantes e de grande porte negaram alegações de que usam pele de coelho de fazendas acusadas de crueldade contra animais.

Last Chance for Animals, uma organização sem fins lucrativos que tem como objetivo eliminar a exploração animal, passou dois anos investigando 70 fazendas de pecuária na Espanha e afirmou que os trabalhadores em algumas das fazendas foram vistos “atacando coelhos doentes até a morte” e que “os coelhos aleijados, doentes e gravemente feridos eram largados para sofrer sem nenhum tratamento médico”, relatou o veículo WWD.

Last Chance for Animals alegou que Marc Jacobs, Diane von Furstenberg, Burberry, Christian Dior, Giorgio Armani, Yves Saint Laurent e Louis Vuitton usam matéria-prima dessas fazendas acusadas de crueldade contra os animais. Muitas dessas marcas se manifestaram para esclarecimento.

Desfile Louis Vuitton  - Louis Vuitton Fur 1 - Explicação
Desfile Louis Vuitton

“A maison Dior nunca teve qualquer contato com a empresa envolvida nestes fatos. A marca está profundamente chocada pelas imagens documentadas, que são contra os nossos valores e práticas. Todos os produtos de pele da maison Christian Dior respeitam plenamente as orientações da União Européia”, disse um porta-voz da Dior ao WWD.

“Após uma investigação aprofundada, podemos confirmar que Saint Laurent não está ligada, direta ou indiretamente, com a Curticub. A equipe Saint Laurent trabalha continuamente para encontrar formas de garantir elevados padrões de bem-estar animal. Em nossa linha de compromisso com a sustentabilidade, Saint Laurent criou ‘orientações pêlo’ específicas que são distribuídas de forma sistemática para fornecedores diretos”, disse um porta-voz da Saint Laurent à Vogue britânica.

marcas-negam-crueldade-contra-animais  - marcas negam crueldade contra animais - Explicação

“Burberry não tem nenhuma relação com as fazendas em destaque e temos certeza de que a Curticub não faz parte de nossa cadeia de fornecimento. A Burberry condena veementemente as práticas mostradas no vídeo que demonstra o comportamento cruel e ilegal. Todas as matérias-primas da Burberry são naturais e com muito cuidado para salvaguardar os padrões éticos de nossa política de comércio. A Burberry não usará pele se há uma suspeita de que sua produção envolveu o tratamento inaceitável dos animais”, disse um porta-voz Burberry ao WWD.

Comente!

Leave a Comment

Leave A Comment Your email address will not be published