Tradição e contemporaneidade caminham lado a lado na multimarcas Ortiga. E para este Dia das Mães, as empresárias Janaina Ortiga Abi-Ackel e Fabiana Ortiga Hoff dão enfoque especial para a versatilidade clássica do couro com comunicação voltada para internet.

Empresárias Fabiana Ortiga Hoff e Janaína Ortiga Abi-Ackel entre a seda estampada exclusiva da marca Ortiga para o Dia das Mães  - GAU para Ortiga 01 - MODA EM FAMÍLIA
Empresárias Fabiana Ortiga Hoff e Janaína Ortiga Abi-Ackel entre a seda estampada exclusiva da marca Ortiga para o Dia das Mães

“Nos aproximamos da GA’U, que é uma marca especializada em couro, por meio de feiras de negócios e a convidamos para apresentar uma coleção especial para nossas clientes”, disse Janaina Ortiga, completando: “Aproveitamos a vinda do Yvan Rodic (do blog FaceHunter) ao Brasil para fazer um editorial bem street style com peças da marca e clientes Ortiga, com essa pegada mães e filhas”.

Mas o que chama a atenção na GA’U? Para Janaina, o acabamento das peças e a manufatura do tressê e macramê em couro pelica (de cabra), além das franjas que estão em voga no guarda-roupa da brasileira. “Mais do que desenhar para um tipo específico de mulher, a GA’U exalta a capacidade das mulheres em serem fortes e femininas por meio da vestimenta”, argumenta Lu Gerodetti, uma das fundadoras da marca.

Designer Lu Gerodetti, uma das fundadoras da marca GA'U  - GAU para Ortiga 02 - MODA EM FAMÍLIA
Designer Lu Gerodetti, uma das fundadoras da marca GA’U
GA'U para Ortiga  - GAU para Ortiga - MODA EM FAMÍLIA
GA’U para Ortiga
Detalhes da coleção 'Come As You Are' da GA'U para Ortiga  - 2014 04 28 03 - MODA EM FAMÍLIA
Detalhes da coleção ‘Come As You Are’ da GA’U para Ortiga

A parceria também é estratégica para agradar as brasilienses que gostam de peças em couro e camurça. Por isso, a multimarcas investiu na vinda de 60 peças da coleção Come As You Are em 20 modelos diferentes e negociou um preço atrativo para sua cliente. Cada vestido custa, em média, R$ 1.800.

Compras entre mães e filhas perduram por gerações na loja brasiliense. E é justamente essa tradição que deve ser o foco de um próximo projeto deste ano, em comemoração aos 20 anos da multimarcas na cidade. “Há 12 anos fizemos um desfile teen com filhas de nossas clientes no Gilberto Salomão e repercutiu super bem. Hoje essas meninas estão com 25 anos e também se tornaram clientes Ortiga. Queremos reunir todas para fazer essa próxima ação, que ainda não posso revelar por não estar 100% fechada – mas é super bacana”, explica Janaina, que ao lado de sua sócia Fabiana já atende à terceira geração de clientes Ortiga.

Dia-das-Maes-Ortiga  - Dia das Maes Ortiga - MODA EM FAMÍLIADia das Mães Ortiga: seda pura estampada com flores (blusas R$ 299 e vestidos R$ 699) e linha de t-shits R$ 59,90 — que podem ser combinadas com peças em couro

O e-commerce da multimarcas também deve ser inaugurado este ano, implementando as vendas e comunicação via Facebook, Instagram e Whatsapp [61 9306 4553]. Curiosidade: as vendas da Ortiga via internet quadruplicaram graças ao Instagram.

 

| GA’U |

Estilistas fundadoras da GA'U Lu Gerodetti e Liliane Sancovsky  - gau - MODA EM FAMÍLIA
Estilistas fundadoras da GA’U Lu Gerodetti e Liliane Sancovsky

A marca paulistana GA’U surgiu de um encontro de amigas na Escola São Paulo. Lu Gerodetti cursava Jornalismo de Moda para trabalhar na área de coolhunting e resolveu ganhar maior embasamento em um curso técnico em moda, onde conheceu Lili Beneduzzi, que na época já tinha um atelier de roupas de festa. Um ano depois, em maio de 2013, a dupla produziu uma coleção de camisas femininas ‘lego’. “A ideia era dar a possibilidade de trocar os punhos e ombreiras – para se ter uma camisa básica ou mais elaborada, em uma única peça”, relembra Gerodetti.

O alto custo de produção das camisas motivou as empresárias a investir na matéria-prima couro para criar roupas limitadas que mantivessem a ideia de se acoplar e desacoplar peças em uma superfície. Deu certo.

10500184_v4  - 10500184 v4 - MODA EM FAMÍLIAAs franjas do vestido da coleção ‘Come As You Are’ (foto), por exemplo, são removíveis

O nome “GA’U” veio depois de uma visita à exposição “Joias do Deserto” de Thereza Collor, onde as designers se apaixonaram pelas caixas de prata ga’u que os andarilhos do Tibet guardam objetos sagrados e as usam como amuletos de proteção. “Essa é a ideia por trás da marca: a roupa protegendo algo sagrado, que é a mulher”, explica Lu, que adiantou o nome da próxima coleção da marca: “A Chave do Dragão”.

Essencialmente, a GA’U trabalha com couro de caprino para criar uma silhueta mais seca ou mais estruturada, fazendo uso de babados e franjas em peças que contemplam as quatro estações, além de também misturar couro com tecido em algumas ocasiões.

Os pontos de venda? Até 10 de maio em Brasília pela Ortiga, o próprio showroom da marca nos Jardins (Rua Oscar Freire, 329, cj. 32) e online pelas lojas Farfetch e e-closet.

ORTIGA
SCLN 309, bloco D – Fone: 61.3349-3036- Brasília – DF
Das 9h às 19h – de segunda-feira a sábado

GA’U
Rua Oscar Freire, 329, cj. 32
11 3085 2420

Comente!